5-

x

Informações sobre o conceito e produção
EXCLUSIVAS PARA ANÁLISE DO EDITAL
do SESC/RIO

sobre o projeto 1306


Faith Healer 
(nome provisório)


Pedimos que apenas pareceristas tenham acesso a este conteúdo, obrigado e boa viagem!

Edital do SESC/RJ

Faith Healer

O texto teatral do irlandes Brian Friel. Brian é considerado o autor mais importante do teatro irlandês contemporâneo em atividade.

O novo projeto teatral da CiaTeatro Epigenia, fruto desta proposta, conta a história das viagens pelo interior do Brasil feitas por uma "Caravana da Fé", uma espécie de serviço de cura mambembe, que mistura rituais de cura com músicas de raizes brasileiras. Comandada por um curandeiro de origem cigana, o Dr. Franco Rroma, que aboletado num caminhão com sua esposa e seu empresário, percorre com sua trupe os interiores do norte e nordeste brasileiro, prometendo cura a enfermos esperançosos por um milagre. 

elenco site.jpg

Por que um Elenco Inclusivo? 

 

e

Epigenia como conceito

Potente
Analogia

Sem condições de comemorar os 20 anos da Cia em 2020, com três projetos cancelados, resolvemos inovar e comemorar com esta "data quebrada", mas muito importante. Vamos retomar em 22 com os projetos programados, porém mais, muito mais maduros!

O nome em português será decidido em breve, temos boas opções, mas não em tempo de definição antes de terminar o prazo deste edital, temos tempo pois é a marca da peça e queremos uma definição forte e conceituada. Nossa estreia será em 2022.

A peça que apresentamos sugere uma brasilidade imensurável. Estamos conectando o personagem Dr. Franco Rroma (Frank na obra original) com outro personagem, eternizado no cinema por José Wilker e Caca Diegues, do filme Bye Bye Brasil: Lorde Cigano. Para nós ele é a primeira identidade deste imortal personagem. Mergulhamos na fantasia para criar a analogia entre estas duas figuras emblemáticas, transformando (criando) uma história pregressa ficcional, poetizando sobre a possível juventude de Lorde Cigano.

A força da analogia vem da androginia adotada por Lorde Ciagano nas suas apresentações farsescas. Por que Franco é Lorde Cigano quando jovem? Porque o teatro é transgressor, porque precisamos falar do que é nosso, e, principalmente, porque as histórias se completam, a obra original é um presente para esta ideia ficcional da gênese de Lorde Cigano. De onde veio aquele incrível picareta que fez nevar dentro de uma tenda em pleno Sertão nordestino?

00-bye2-720.jpg
bye 1.jpg
00-bye7-720.jpg
 

Proposta Conceitual

A ideia

Pretendemos ensaiar durante dois meses já com um trabalho de texto com a transposição de nomes de cidades e municípios, pesquisa de músicas de raiz das regiões citadas, pois é importante frisar o caminho teatral e musical da montagem.

O texto teatral do irlandes Brian Friel FAITH HEALER é ambientado na Escócia, em cidades pequenas e vilarejos. Brian é considerado o autor mais importante do teatro irlandês contemporâneo em atividade. Seu trabalho de mais de cinquenta anos ultrapassa as fronteiras da Irlanda e suas peças são frequentemente encenadas em todo mundo. Inédita no Rio de Janeiro, pois nenhuma montagem paulista veio para cidade, tornando ainda mais impactante e importante que possamos "apresentar" este ícone da dramaturgia ao público carioca.

Batizada como "O fantástico reparador de feridas" em uma montagem em São Paulo, a peça, em sua tradução ipsis litteris, se chama: "Curandeiro de Fé". Mesmo com nosso trabalho de tradução ainda no início, já encontramos outros caminhos que não os escolhidos pela única tradução existente, que privilegia todo universo do Reino Unido, e as referências locais e culturais que são muito intensas, e que não nos interessam. Nosso objetivo é falar para nosso espectador sem nenhum ruído na comunicação, sem nenhum distanciamento. Assim achamos muito importante dar acesso e conhecimento do trabalho que realizamos, totalmente autoral, porém imensamente ligado à obra original do autor. assim foi feito nas traduções e adaptações para nossa realidade nos recentes sucessos da Cia: em toda Trilogia Mamet; O Preço de Arthur Miller (no Sesc Arena de Copacabana); e A Festa de Aniversário de H.Pinter, somente para citar alguns.

Nossa recriação é o ponto de partida para projetos inovadores. Nossa Cia. tem o nome de um fenômeno da biologia: Epigenia -  transformar um corpo em outro corpo sem que perca sua forma cristalina primitiva, ou seja, recriar para inovar, assinando criações autorais e inéditas. Para isso investimos textos e ideias com universos utópicos, distópicos, em liberdades poéticas, analogias metafóricas, sonhos e muito tempo em pesquisas.

c

 

Androginia de Lorde Cigano

Elenco
Inclusivo

coracao_edited.png

Uma seleção inclusiva significa oferecer papéis escritos para homens a mulheres e garantir que atores gays, transgêneros e deficientes tenham oportunidades de interpretar pessoas de suas próprias comunidades e de fora delas. O objetivo é abordar as desigualdades sistêmicas que existem no ramo, fornecendo mais trabalho aos grupos marginalizados e impedindo o apagamento de pessoas não-brancxs, não-binárixs, gays e etc, de papéis importantes.

No nosso caso, nos inspiramos na artimanha andrógina de Lorde Cigano em seus show de ilusionismo, para criar o jovem que lhe precede. A atriz Azullllllll (assim mesmo com 8 'L's) é uma pessoa que nasceu com gênero masculino mas se reconhece como mulher, a maneira como se veste é a mesma que você que está lendo esta proposta: variada. De acordo com o espírito, vontade e humor do dia. Fará a personagem de gênero masculino, Franco Rroma, identificado com a androginia de Lorde Cigano. A atriz Veronica Valenttina é uma mulher trans. Nasceu do gênero masculino mas sua vida íntima e social é toda vivenciada como uma mulher. Não fará uma mulher na peça. Grace é exatamente uma inspiração nessa realidade de vida da própria atriz. Uma mulher trans que é casada com um Homem bisexual. Ainda contaremos com um ator Cis, nasceu homem e se reconhece como tal. Glaucio Gomes é uma referência no teatro carioca, fará o empresário Teófilo.

"Louvem a Caravana da Fé e seu Divino Mestre Dr. Franco Rroma. Somente Esta Noite"!"

diz a faixa com letras toscas e tecido desgastado pelo tempo. Algumas lâmpadas amareladas, e mais distante vê-se um mini toldo simplório de nossos circos de bairro, preso à traseira de madeira de um velho caminhão, ornamentada com as cores, curvas e traços do colombiano Carlos Múnera.

Elenco composto por três notáveis e multi talentosxs artistas que cantam e representam, sendo referência nas artes
há tempos.

A CiaTeatro Epigenia comemorará seus 22 anos em 2022 com diversas ações. Nossa proposta para o SESC é inédita, inovadora e autoral. Trazemos um "elenco inclusivo", não por assistencialismo, e sim por grande Qualidade e Talento. Assim, encarando as desigualdades sistêmicas, fornecemos mais trabalho aos grupos marginalizados e impedimos o apagamento dessas pessoas de papéis importantes, privilegiando sempre a qualidade na escolha desses artistas, assim garantimos um elenco de altíssima qualidade.

Azullllllll
como Franco Rroma

Veronica Valenttino
como Grace

Glaucio Gomes
como Teófilo




 

Azullllllll         Veronica Valenttino

 
 

A história

Força da
estrutura
dramática

Extremamente atual, o texto de FAITH HEALER coloca a questão da manipulação da linguagem como um dos pilares de uma possível representação do mundo contemporâneo. A peça enfatiza, com enorme relevância, uma artimanha cada vez mais comum em nossa sociedade, onde tudo depende do ponto de vista do observador que, de um modo ou de outro, relativiza os discursos a que está exposto e reorganiza-os de acordo com as suas próprias necessidades, sentimentos e limitações.

A dramaturgia de Brian Friel em FAITH HEALER, explora três personagens alternando-se na narrativa da história, com um texto construído sobre uma estrutura de quatro monólogos, a peça questiona a linguagem articulada como instrumento seguro de testemunho que ateste com precisão a veracidade dos fatos. A memória, os sentimentos e interesses escusos são poderosos agentes que atuam sobre a linguagem no sentido de distorcê-la, amenizá-la e ridicularizá-la. Assim, cada uma das personagens da peça narra diretamente para a plateia fatos que vivenciaram juntas durante um determinado período de tempo. 

Cada uma delas conta suas experiências com o intuito de convencer os espectadores e a si próprias de que seu ponto de vista é o que mais se aproxima do que realmente aconteceu. Aos poucos, tece-se uma rede de informações que se complementam e se opõem, e que, necessariamente, pela própria natureza da linguagem articulada, levam os espectadores a tirar suas próprias conclusões.

Assim como no futuro como Lorde Cigano, a trupe Caravana da Fé do jovem Dr. Franco viaja por cidadezinhas e os chamados micro municípios, com populações menores que 5 mil habitantes, existentes em regiões longínquas do norte e nordeste do Brasil. Lá eles fazem apresentações que se situam entre representação teatral, canto e culto religioso de cunho sobrenatural. O Dr. Franco é um homem de cerca de 30 anos, que vive atormentado por possuir um dom sobre o qual não tem nenhum controle e tenta aplacar seus questionamentos com doses colossais de whisky. Sua mulher, Grace, advogada e filha de um juiz aristocrata, acusa, defende e busca provas para justificar seu próprio estado mental perturbado. Teófilo, empresário de artistas exóticos e de números de circo, com anos de experiência, transita entre a frieza profissional, a admiração por Franco e uma possível paixão por Grace. Juntos, os três tentam sobreviver cobrando ingressos de inválidos e desesperados em apresentações das quais talvez possam sair curados. De vilarejo em vilarejo, vão vivendo suas histórias e cada um tem sua própria versão dos fatos.

Franco Rroma é curandeiro de nascença e cigano por descendência. Ele vem de uma família de nômades que viviam em barracas e deslocavam-se com seus pequenos circos em carroças, trocando magias e curas por galinhas e algumas vezes até um pouco de dinheiro. Assim, permanecendo sempre unidos e fiéis ao seu modo de vida, se perpetuaram por anos e anos.

00-bye6.jpg

Felliniana

Licença
Poética

Nosso interesse em mergulhar nesse universo reside na poesia e na beleza de lugares desse nosso Brasil, que onde o natural seria apenas existir. Levar a vida somente, apenas o registro de uma existência recheada de solidão, dias patéticos e futuro fadado a apenas esperar pelo fim. No entanto, no Brasil ainda vemos personagens imbuídos de uma fascinação sincera pela ideia da arte, do mágico, do etéreo... nascendo daí a essência mais pura dos espetáculos ‘feitos com a mão’.   O Artesão, o Mágico, o Artista... a simplicidade obrigatória que cria uma estética próxima ao lirismo felliniano.

anthony-quinn-la-strada-798x448_2x.jpg
 
 
---equipe de criacao site.jpg
LOGO ALIF 1.png

Irlandês premiado

Nascido católico no condado de Omagh, na Irlanda do Norte em 1929, o entendimento de Brian Friel sobre seu país e sua própria identidade foi moldado por ser, como ele o denominou, um membro da minoria e de forma notável e de certa forma impressionante, seus argumentos, seu texto teatral, tudo parece estar ligado com o que há de mais profundo, e cotidiano, da população das regiões mais necessitadas de nosso país. Ele nasceu e floresceu, numa analogia direta, de um mesmo grão de identidade que este nosso ser brasileiro mais puro e necessitado.

 

"Eu certamente acho que somos um povo mutilado neste país", disse Friel uma vez. 'Somos um povo mutilado na medida em que houve uma vez uma linguagem em uso neste país; esta linguagem se foi. Precisamos nos identificar, e em nosso país temos uma enorme capacidade de gerar infinitas identidades. Não ‘uma’ identidade nacional. Quando você fala sobre uma identidade nacional, não tenho certeza do que isso significa. Mas quando você está tentando se identificar, isso significa que você tem que produzir documentos, você tem que produzir sons, você tem que produzir imagens que vão fazer você diferenciar de alguma forma. Se há uma sensação de declínio neste país, é porque não podemos produzir prontamente essas marcas de identificação que diferenciem os povos existentes nele.”

Brian Friel

Uma alma brasileira

 

nome site.png
brian friel_oglobo.jpg
 

   21 anos   

epigenia site.png

Vai pela estrada enluarada
Tanta gente a retirar
Levando só necessidade
Saudade do seu lugar

LOGO ALIF 1.png
EPIGENIA LOGO PB.png